Genie

Genie, logo após ser resgatada

Genie, logo após ser resgatada

Susan Wiley, ou Genie tem uma das histórias mais tristes que eu já ouvi na vida, ela foi isolada do mundo com menos de 2 anos de vida pelo seu pai e foi encontrada com mais de treze anos. Ela não adquiriu linguagem, mas muito se discute se Genie nasceu de fato com retardo mental ou se suas experiências de vida fizeram isso com ela. Também existe uma questão ética sobre o caso dela, Genie foi testada inúmeras vezes por cientistas e parece que alguns não estavam muito preocupados com seu bem-estar. Ela ainda está viva, mas não se sabe muito sobre seu paradeiro atual. Segue abaixo um documentário sobre ela. 

Surpreendentemente, existe um artigo muito bom sobre ela na Wikipédia (só que em inglês). 

Anúncios

Algumas Curiosidades A 2012

Nesse “algumas curiosidades”, vamos falar sobre uma das cidades mais importantes do planeta e sede das Olimpíadas de 2012: Londres.

Visão panorâmica de Londres, clique na imagem para aumentar seu tamanho

Vamos começar pelo metrô de Londres.

O Metrô de Londres é o mais antigo e um dos maiores do mundo. Começou a ser construído em 1863 e possui 275 estações e 408 km de trilhos, ele é mais antigo que o metrô de Boston e de Paris.

O metrô de Londres também é bastante pontual.

O rio Tâmisa já foi considerado poluído e sem vida. Depois de 150 anos na luta pela recuperação, hoje é um rio limpo, com cerca de 121 espécies de peixes vivendo em suas águas.

Esse é o Rio Tâmisa (River Thames), clique na imagem para ampliar

Não é a rainha que escreve os discursos que ela recita no Parlamento, mas o primeiro-ministro e seus auxiliares.

Os chapéus pretos usados pela Guarda da Rainha medem meio metro de altura, pesam 680 gramas e são feitas de pele de urso.

Guardas da rainha marchando, clique na imagem para aumentar seu tamanho

O The London Eye é uma roda gigante de 135 metros de altura, inaugurada em 2000. Em dias claros, é possível enxergar até 40 km de distância de uma das suas 32 cabines, que levam 30 minutos para dar uma volta completa.

O Olho de Londres ou The London Eye é um dos vários pontos turísticos de Londres. Se quiser ver essa imagem numa resolução maior, basta clicar nela.

Catedral de Saint Paul: Na Galeria dos Sussurros pode-se ouvir um cochicho do outro lado do gigantesco domo, por causa da sua acústica especial.

Um dos símbolos de Londres, os ônibus vermelhos de dois andares, são chamados de Routemaster sendo substituído hoje por ônibus mais modernos.

O Routemaster passando sobre a ponte de Westminster em Londres

Nos livros de Sherlock Homes, o detetive mais famoso do mundo, criado por Arthur Doyle, morava em Londres, na Baker Street, 26. O endereço é real e lá existe um museu dedicado a ele.

O museu na Baker Street em homenagem ao Sherlock

Diz uma profecia que quando os seis últimos corvos abandonarem a Torre de Londres, será o fim da cidade. Até hoje, no mínimo seis corvos vivem na Torre, tratados exclusivamente pelo Ravenmaster (Mestre dos Corvos), cuja única função é alimentar e proteger as aves.

Tecnicamente, o Big Ben é o sino de 14 toneladas da Torre do Palácio de Westminster e não o relógio que fica no mesmo local. Ele foi instalado em 1858 e toca de hora em hora.

Na verdade esse não é o Big Ben, é só a torre dele

Os Guardiões da Torre de Londres são também chamados de “Beefeaters” (Beef = Bife, Eater= Comedor) – comedores de bife. Antigamente, eles ocupavam uma posição privilegiada quando formavam a Guarda Real, sendo permitido a eles comer quanta carne quisessem da mesa do rei.

E agora para finalizar, um pouco sobre a fundação de Londres.

Os romanos fundaram Londres quando invadiram a Inglaterra no século 1 e estabeleceram uma sede sobre o rio Tâmisa, chamando o local de Londinium.

Fonte: Papel que vem debaixo do lanche do McDonald’s. Nunca subestime o poder dos arcos dourados!

An Wallpaper F

Mais wallpapers da National Geographic, para aumentar o tamanho das imagens, basta clicar nelas.

Uma câmera numa armadilha dispara ao encontrar um tigre caçando de manhã cedo nas florestas de Sumatra, Indonésia. Os tigres podem prosperar em vários habitats, desde o frio do Himalaia até manguezais quentes da Índia e Bangladesh

 

A vertiginosa piscina de Singapura é incrível, mostra como um país com passado tão humilde se "revolucionou" e se tornou uma das cidades mais modernas do mundo

 

A antiga Longacre Square, que hoje se chama Times Square, vibra com mais uma noite, a região que era um dos trechos mais decadentes da Broadway e de Nova Iorque, sofreu um projeto de revitalização de 30 anos que a transformou aquela área tão decadente num dos lugares mais movimentados do mundo

 

Nuvens de Magalhães enfeitam o céu dos Andes da Patagônia

 

Esse lugar bem aquático é o Cubo D'água em Pequim, na China, lembra dele? Ele foi usado pelos nadadores olímpicos em 2008

 

Uma mãe descansa com seu filhote de dois meses de idade no Bandhavgarh National Park, os dois animais são tão grandes que eu simplesmente não sei quem é a mãe ou o filhote!

 

 

À pé, de carro, de trem, todos passam pela Taksim Square, em Istambul. Esquemas para restringir essa área para tráfego pedestre, preocupam planejadores, já que eles temem que isso possa tirar a energia criativa desse lugar tão animado e moderno

 

A República Democrática do Congo tem uma vegetação saudável. Uma região de área verde em South Kivu aparece avermelhada depois de ter sido tirada com fotografia infravermelha

 

O crescimento eletrizante de Seul, na Coreia do Sul, antes devastada e empobrecida nos anos 50, agora é um importante centro de informação com muitas torres e apartamentos

 

O parque dos cervos é uma rara sobrevivência dos cerca de 700 parques existentes no início do século 17 na Inglaterra. A grandeza desse estilo aristocrático infiltrou em todos os cantos da Inglaterra e do Rei James para a língua utilizada pelos tradutores da sua Bíblia. Foi uma época em que a hierarquia social era considerado um reflexo da ordem divina do universo